City faz seis contra Chelsea e reforça favoritismo ao título

O time do Manchester City teve um jogo que, em teoria, seria difícil, mas não foi. A vitória por seis a zero contra o Chelsea mostrou a superioridade do clube comandado por Pep Guardiola. Já Maurizio Sarri, treinador do Chelsea, está com o cargo em risco após o jogo do último domingo (10). O técnico sabe que a partida poderá deixar uma marca irrecuperável em seu trabalho atual.

Sergio Aguero faz a diferença com três gols

O grande nome do jogo entre Manchester City e Chelsea no domingo (10) foi Sergio Aguero. O argentino fez três gols, e liderou seu time no poder ofensivo. Raheem Sterling e Gundogan foram os outros marcadores em favor do City. E, com a vitória, o clube inglês conseguiu manter o seu favoritismo para ser um dos grandes candidatos ao título da Premier League em 2019.

City – CosminIftode / Shutterstock.com

O primeiro gol foi marcado por Sterling logo aos 4 minutos de partida. Em um cruzamento, o atacante apareceu sozinho na segunda traze, e bateu certeiro para balanças as redes do Chelsea. Aos 8 da primeira etapa Aguero ainda perdeu um gol incrível, ao receber a bola completamente se marcação dentro da pequena área e, sem goleiro, conseguir mandar para fora da meta.

Mas aos 13 o argentino se redimiu. Ao arriscar de fora da área, o atacante do time inglês acertou um belíssimo chute, e marcou o primeiro seu na partida. Aos 18, ainda na primeira etapa, Aguero se aproveitou de um vacilo tremendo da zaga do Chelsea, e marcou o terceiro do City na partida. Menos de 20 minutos de partida, e o Manchester já estava com o confronto dominado. Por fim, a vantagem ficou ainda maior com o gol de Gudogan, aos 25, em mais um belo tiro de fora da área.

Vantagem segue no segundo tempo, e Sarri corre riscos

O jogo estava 4 a 0, e o Chelsea sabia que seria difícil conseguir reverter a situação. Mas mesmo assim o time comandado por Maurizio Sarri conseguiu tornar o jogo mais parelho. Porém, mesmo assim não conseguiu fazer gols. E quem fez, foi o City. Logo após uma cabeçada certeira no travessão aos 5 minutos do segundo tempo, Sterling sofreu falta dentro da área, e o árbitro marcou.

Sergio Aguero foi pra bola, e converteu mais um. Era o quarto do City, e o terceiro do argentino. E aos 35 da etapa final, Sterling apareceu livre nas costas de David Luiz para marcar. Seis gols que mostraram o poder ofensivo do City, e a fragilidade do Chelsea. Portanto, Maurizio Sarri, atual treinador do Chelsea, sabe que pode estar com os dias contados em seu trabalho.

“Jogos assim deixam marcas. Não será fácil voltar como estávamos. O futebol é feito de duras derrotas. No intervalo eu falei para o elenco que se conseguíssemos virar, sairíamos dessa mais fortes que nunca.” – comentou Sarri. E ele teve o apoio do treinador do City. “As pessoas não entendem quão difícil esse primeiro ano pode ser. Minha primeira temporada aqui foi difícil. As pessoas acham que se você compra jogadores já pode sair ganhando.” – disse Guardiola.

A próxima rodada da Premier League não terá um jogo para o Manchester City, já que o clube está com uma partida a mais. Mas isso não significa que os torcedores do City não estarão de olho no placar. Isso porque o Liverpool terá um dos maiores desafios no momento, enfrentar o Manchester United em pleno Old Trafford. Guardiola já declarou que esse confronto será essencial para o futuro do seu time na Premier League.