Em pleno Couto Pereira, Toledo desbanca Coxa e leva primeiro turno do Paranaense

Após acabar invicto na fase de grupos válida pelo primeiro turno do Campeonato Paranaense, a equipe do Toledo venceu o Coritiba na final. O jogo foi realizado no domingo (24), e terminou em 1 a 1 no tempo normal. Nos pênaltis, destaque para o time menos conhecido, que conseguiu vencer por 3 a 2, e conseguiu ser campeão do primeiro turno do Paraná. Mesmo com o jogo terminando empatado nos 90 minutos, uma característica chamou a atenção.

Rodrigão é o único a marcar no tempo normal

O Couto Pereira viu o Coritiba pressionando o Toledo desde o primeiro minuto. O Coxa chegou a criar boas chances, e o Toledo assustou apenas em dois lances na primeira etapa. Em um deles, para infelicidade dos torcedores do time da casa, Rodrigão, atacante do Coritiba, desviou o cruzamento para a área do Coxa. Com isso, o atleta tirou as chances de Wilson, e abriu o placar com um gol contra aos 42 minutos.

O Coritiba veio para a segunda etapa disposto mudar o jogo, e conseguiu o empate aos 47 do segundo tempo. Novamente Rodrigão apareceu livre na área do Toledo, e marcou de cabeça, sem chances para o goleiro adversário. O empate levaria a partida para as penalidades, e o Coxa não queria isso.

Estádio do Coritiba – Henrique Daniel Araujo / Shutterstock.com

O Coritiba continuou pressionando o Toledo, e criou boas chances de gol. Os visitantes apareciam mais em jogadas isoladas, e pecavam na finalização. Enquanto os atacantes do Toledo não estavam inspirados, o goleiro André Luiz estava. Com grandes defesas, o guarda-redes garantiu o empate, e fez com que o confronto entre os dois clubes fosse para a prorrogação.

Nos pênaltis, melhor para o Toledo

Durante a prorrogação, o Coritiba continuou criando mais chances. Mas mesmo assim, ou elas paravam nas mãos de André Luiz, ou os jogadores acabavam errando a pontaria. Com isso, a partida acabou indo para os pênaltis. E logo na primeira cobrança, Wilson, goleiro do Coritiba, chutou para fora. Mas o goleirão do Coritiba se redimiu, e defendeu o primeiro pênalti do Toledo, cobrado por Revson.

Na segunda cobrança do Coxa, Iago Dias escorregou, e a bola acabou indo na trave. Léo Peres foi o segundo do Toledo a cobrar a penalidade, e também desperdiçou, jogando para fora. Na terceira cobrança do Coxa, André Luiz foi no canto certo, e impediu o gol do Coritiba. O Toledo foi para sua penalidade com Pacato, e conseguiu balançar as redes pela primeira vez nos pênaltis na partida. Rodrigão acabou fazendo tudo igual, ao converter sua penalidade contra o goleiro do Porco.

Depois Marcelinho botou novamente o Toledo em vantagem, e Sabino empatou para o Coxa. No principal momento da partida, Wilson defendeu a cobrança de Guilherme Rend. Mas André Luiz pegou também a de Igor Jesus. E aí sobrou para Eduardinho dar números finais a partida. Com o título da primeira fase, o Toledo garante vaga na final do Campeonato Paranaense 2019. E, caso seja campeão do segundo turno, dispensará um jogo da finalíssima, e se consagrará campeão do torneio paranaense.