Libertadores: Boca e River Empatam no 1º Jogo da Decisão

Com quatro gols, o primeiro confronto da final da Taça Libertadores 2018 ficou marcado pelo empate entre Boca Juniors e River Plate. Foi um jogo e tanto, bastante movimentado e com um algo a mais, a grande rivalidade entre estes tradicionais clubes do futebol argentino. Com placar de 2×2 na Bombonera, os rivais chegam em igualdade para o próximo duelo no Monumental Núnẽz.

A partida foi disputada neste domingo, já que as fortes chuvas na capital Buenos Aires levaram a Conmebol a postergar a primeira etapa da final, que estava marcada para sábado, para o dia seguinte. O que se viu no arquibancada foi uma grande presença dos fãs do Boca, que lotaram a Bombonera, e fizeram muito barulho, já que o confronto foi com torcida única, para evitar conflitos entre espectadores.

O próximo jogo está marcado para o próximo sábado, 24 de novembro, e terá como palco o Monumental Núñez, que também contará com torcida única. Esta será a última vez que a competição terá a disputa da final em duas etapas, já que para a próxima temporada, a grande decisão será feita em um único embate. Com certeza mais um importante fato histórico para o rol do clássico portenho.

Como foi a partida?

Os destaques do jogo foram, para o lado do time da casa, Darío Benedetto, um dos principais responsáveis por frustrar a campanha palmeirense neste edição. Na parte oposta do gramado, que fez a diferença foi Lucas Pratto, fazendo jus ao fato de ser o reforço mais caro da história do River Plate.

Lucas Pratto – CP DC Press / Shutterstock.com

O primeiro gol da partida saiu aos 33 minutos, quando, após troca de passes, Ábila arrematou, mas, mesmo defendendo, Armani cedeu um rebote que foi aproveitado pelo mesmo jogador, convertendo a segunda tentativa em gol. A euforia, porém, durou pouco, já que, enquanto a torcida comemorava, em 10 segundos após o recomeço de jogo, Pratto deixou tudo igual com um chute rasteiro. Ainda no primeiro tempo, tivemos tempo para mais um gol. Outra vez o Boca ficou à frente no marcador quando Darío Benedetto, que substituiu Pavón aos 26 minutos, deslocou de cabeça para o gol após cobrança de falta  de Villa, aos 45 minutos.

Já no segundo tempo, o River teve o empate após gol contra de Carlos Izquierdoz que, pressionado por Lucas Pratto, cabeceou contra a própria meta e deixou tudo igual. O placar seguiu inalterado até o final da partida, levando a decisão para o próximo final de semana.